Em seu terceiro ano no país europeu, mineiro festeja o reconhecimento de seu trabalho e a troca de experiência com os colegas

O líbero Bruno Jorge, agenciado pela ProSports, é mais um exemplo de como o vôlei brasileiro não para de exportar talentos. No último domingo, o mineiro de Itanhandu se sagrou campeão da Copa da Hungria pelo Pénzügyőr SE e, de quebra, foi escolhido o MVP da decisão.
A equipe de Budapeste derrotou o GreenPlan-VRCK por 3 sets a 0, com parciais de 25-17, 25-13 e 28-26, em partida realizada na cidade de Érd, e alcançou o terceiro troféu consecutivo do torneio.
A satisfação pelo objetivo realizado somou-se à surpresa de ter levado a honraria, mesmo em uma função que não participa diretamente dos ataques e bloqueios.
Bruno contou que colocou em mente o objetivo de dar tudo de si nos passes e defesas para ajudar os companheiros a executarem o seu melhor. Ele terminou a partida com ótimos 87% de recepções positivas.
“Ser eleito o melhor em quadra numa final e ainda mais sendo líbero, é muito gratificante. Fiquei surpreso na hora e muito feliz! Isso é um sinal de que meu trabalho está sendo bem feito e olhado por todos”, celebra o jogador, que ajudou a equipe a manter a hegemonia no campeonato.
“Esse título foi importante, pois acabou nos mostrando que realmente tudo o que trabalhamos valeu a pena! Esse título nos representa muito. Graças a Deus conseguimos nos manter no lugar mais alto do pódio por três anos consecutivos” avaliou Bruno, de 28 anos.
Além  do prêmio individual e do título, o atleta celebra o amadurecimento da equipe ao longo da temporada. O começo irregular foi superado.
Mas isso já é passado e agora a meta é uma sonhada uma dobradinha com a conquista da Liga da Hungria. Nesta sexta-feira (18/03), começam os playoffs do torneio, em confronto diante do DKSE.
“Essa temporada começamos um pouco abaixo do esperado, mas, com o decorrer dos treinamentos, conseguimos nos manter na primeira colocação, com apenas uma derrota na primeira fase da Liga Húngara”.
“Assim como a Copa, a Liga é importante. Agora, já temos que trocar a chavinha bem rapidamente e focar na Liga”, disse o atleta.
Bruno Jorge tem 1,70m e está em seu sexto clube na carreira. Antes do voleibol húngaro, ele passou pelo Mogi das Cruzes, Rádio Clube, Apan Vôlei, Ponta Grossa/Caramuru e Vedacit Guarulhos.
“Estou na Hungria há três temporadas. Estamos com o mesmo time, apenas algumas peças que foram mudadas. Com isso, temos um entrosamento muito bom, nos conhecemos perfeitamente, e isso é muito importante”.
“A experiência de poder estar conhecendo outra língua e outros costumes é muito gratificante. Eu aprendo cada dia mais com meu técnico e com os meninos e consigo passar minhas experiências pra eles e acho isso muito bacana”, disse Bruno.

Entre em contato com a equipe On Board Sports:

Flávio Perez  e Katarine Monteiro

flavio@onboardsports.net | katarine@onboardsports.net

Pro Sports © 2022.Todos direitos reservados.

0
    0
    Seu carrinho
    Seu carrinho está vazioRetornar à compra